gorongosa

Cooperação

 

Cooperação

 

Entender para cooperar
Os avanços do conhecimento científico e dos desenvolvimentos tecnológicos induziram atualmente a mundialização de novos meios de comunicação, de transporte, de fatores de produção, de transformação, de informatização e de capacidade de desenvolvimento económico que, no seu conjunto, e a par, também, das evoluções ideológicas, das alterações das mentalidades e dos paradigmas operadas nos homens e nos vários grupos sociais, conduziram a humanidade a um ponto singular de viragem civilizacional, anunciadora de transformações profundas sobre a estrutura, a organização e a dinâmica da base material, social, política, intelectual e espiritual da vida dos homens, colocando-a atualmente face a uma nova situação.

Esta nova situação tem revelado um universo de contingências e perigos inquietantes que poderão colocar a humanidade numa situação crítica que comprometa a vida e o desenvolvimento sustentável e harmonioso de todos os homens, povos e culturas, e em todas as suas dimensões, pondo em causa, também, as bases da relação e dos conflitos do homem para com ele próprio, do homem para com os outros homens, e do homem para com a natureza.

Dever-se-á ter em conta as atuais assimetrias existentes entre os vários estágios de desenvolvimento encontrados nas várias comunidades, as fragilidades e debilidades associadas, e os antagonismos que essas diferenças poderão gerar. Uns e outros conduzem-nos a conhecer e a fazer conhecer as várias realidades históricas e o substrato cultural e espiritual das várias populações, assim como a criar um enfoque de ação nos países mais desfavorecidos, ou em vias de desenvolvimento, e nos grupos sociais mais carentes e necessitados.

Em conformidade com esses avanços, o mundo atual pauta-se pela globalidade dos acontecimentos, da exploração dos recursos, da comunicação entre as pessoas e os povos, criando uma intricada e complexa rede planetária. Esta globalidade conduz, pela primeira vez, à necessidade de tomar-se uma visão orgânica sobre o domínio de qualquer atividade humana, seja ela de uma forma individual seja ela de uma forma empresarial.

Deste modo, surge um espírito que se deve promover, o espírito da cooperação para o desenvolvimento. Só assim será possível manter uma base simultaneamente estável – a cada uma das atividades profissionais ou empresariais – mas com possibilidade de uma dinâmica para o futuro.

Por outro lado, a cooperação permite ampliar o domínio de cada uma das atividades, tomadas individualmente, quer pela agregação a uma plataforma solidária entre parceiros cooperantes quer através da partilha dos conhecimentos detidos na especialidade de cada uma das partes. Um e outro são necessários para a internacionalização de cada uma das atividades.

Coopere com a EFAO
Quer seja uma pessoa singular quer seja uma empresa ou instituição, a sua colaboração é imprescindível à EFAO.Poderá fazê-lo através de um quadro de cooperação da EFAO.

Quadro de Cooperação
A EFAO, no âmbito da sua política geral define um quadro de cooperação.
Este quadro assenta em três plataformas:

Plataforma Social                | cria uma rede social
Plataforma Solidária           | cria uma rede de solidariedade
Plataforma de Cooperação | cria uma rede profissional

Plataforma Social
A plataforma solidária é uma estrutura constituída por membros, globalmente da sociedade civil, que ampliam uma base social de apoio. Poderá constituir-se nesta plataforma através do ingresso pelas várias categorias disponíveis de membro da EFAO.

Plataforma Solidária
A plataforma solidária consiste na agregação de pessoas que concorrem para a promoção do comércio justo e do comércio solidário.

O comércio justo é tomado como a atividade comercial que serve dotar os produtores e os consumidores finais de bens e serviços a um preço justo, não especulativo ou desviante, contribuindo, subsidiariamente, não só para o incremento das atividades económicas de base, fora da lógica do lucro fácil e artificial, mas também para o financiamento de programas e projetos operacionais sobre os vários objetivos gerais da EFAO e pelas mais variadas áreas de intervenção.

Esta forma de atividade é universalmente designada de fair trade. O fair trade é, assim, um movimento social organizado de abordagem ao mercado, que pretende ajudar os produtores nos países em vias de desenvolvimento promovendo a sua sustentabilidade pelo facilitar de melhores condições comerciais.

O comércio solidário é tomado como a atividade comercial que tem como objetivo a ajuda ao financiamento de causas humanitárias, ou outras, a que os produtores e os consumidores se associam num movimento de solidariedade coletiva, alocando o produto da venda – usualmente tomado como o lucro apurado – nos respetivos programas ou projetos operacionais especificamente dirigidos, ou na constituição de fundos financeiros para provimento de situações emergentes.

Plataforma de Cooperação
A plataforma de cooperação é uma estrutura onde se constitui e organiza o universo dos parceiros estratégicos para o desenvolvimento (PED). Estes parceiros, geralmente tomados como pessoas singulares ou coletivas, garantem a base profissional à EFAO, permitindo aumentar a sua capacidade operacional, quer pela contribuição das competências científico-tecnológicas quer através das valências e capacidades empresariais, ou institucionais, de cada um. Estas plataformas, ao criarem um fator de escala de competitividade nacional e internacional, permite não só alinhar estratégias e objetivos de desenvolvimento como maximizar e tornar mais eficiente a relação de cooperação recíproca entre cada uma das partes.

Se pretende colaborar através da plataforma de cooperação da EFAO, por favor envie-nos a sua informação ou pedido de esclarecimento, escrevendo para a seguinte morada postal:

EFAO – Earth For All Organization
Gabinete de Relações Públicas
Apartado 23018 | EC Praça do Município
1100-999 Lisboa
Portugal

Ou envie-nos para o seguinte endereço eletrónico:
@: cooperacao@efao.pt

As suas ideias e os seus pensamentos são importantes!
Colabore com a EFAO.
Saiba mais no menu Parceiros.