gorongosa

Início > Considerações Gerais


Considerações Gerais


A EFAO determina uma política geral que assenta em cinco pilares que fornecem uma base de entendimento sobre a estrutura, planificação e guia de atividades. Um desses pilares é o Quadro de Implementação.

O quadro de implementação baseia-se num conjunto de considerações gerais e pretende determinar a estrutura organizativa e funcional da EFAO. Subsidiando a leitura sobre a necessidade de se criar essa estrutura, tal como ela é, atende às razões sobre sobre os princípios temáticos da organização, da cooperação, do desenvolvimento, da sustentabilidade, e da integração.

QUADRO DE IMPLEMENTAÇÃO

Difundir e partilhar; enquadrar e organizar
No sentido de levar a cabo, com eficiência, a prossecução dos desígnios delineados, é necessário compreender e ter em consideração que só pelo esforço coletivo e cooperativo de todos os agentes, e pela respetiva coordenação das suas ações, poder-se-á ambicionar integrar as várias operações tomadas local ou pontualmente, e nas várias áreas de intervenção, pelo que dever-se-á, primeiro, difundir e partilhar ideais, valores e princípios, e, segundo, enquadrar as ações organizando-as e orientando-as em eixos prioritários de desenvolvimento.

Desenvolvimento integrado
Por outro lado, é necessário, também, complementar a ideia de desenvolvimento com o conceito de integração, pois a interligação e interdependência recíproca dos sistemas, quer naturais quer artificiais, obrigam ao desenvolvimento em simultâneo e integrado entre os vários eixos de ação. Como exemplo a ter-se, não é possível ambicionar proceder à conservação da natureza sem paralelamente desenvolver a economia, a política, a cultura, e, em última análise, a vida social; ou seja, um programa de harmonização entre o desenvolvimento civilizacional e a sustentabilidade do mundo natural só é possível com o estabelecimento de uma estratégia que elabore sobre todos os domínios da atividade humana.

Eixos prioritários
Desta forma, deverão ser considerados os seguintes quatro eixos prioritários: (1) a ajuda humanitária; (2) a conservação da natureza; (3) a investigação e desenvolvimento; (4) a partilha e difusão do conhecimento e da cultura.

Proposições e Lemas
Doutro modo ainda, dever-se-ão difundir proposições ou lemas que sintetizem ideias-chave e que sirvam de referenciais de ação e de estímulos. Muitas vezes uma palavra ou uma pequena frase pode moldar-nos o sentimento, mudar o nosso pensamento, ampliar a nossa visão, e ajudar-nos na realização de coisas boas e melhores.

Embaixadores de Boa Vontade
Ainda assim, e no sentido de melhor difundir a imagem da instituição, tal como os seus ideais, valores e princípios, e, de um modo geral, a sua visão e missão, dever-se-á trazer até si a figura de Embaixadores de Boa Vontade, ou seja, todas aquelas personalidades que pelo prestígio e notoriedade detidas no domínio público, possam auxiliar na prossecução dos fins descritos.

O fator humano: a regeneração das gerações
Contudo, dever-se-á atender que alcançar os objetivos delineados requer não só o trabalho de muitos mas uma continuidade no tempo, sem perda de estímulo e de energias renovadoras. Neste propósito, dever-se-ão criar as condições ou fatores humanos que proporcionem a regeneração de novas gerações daqueles que manterão, por um lado, o espírito vivo dos Fundadores, e, por outro lado, uma leitura sempre atenta dos novos condicionalismos e fatores que surgirão no desenvolvimento futuro. Desta forma, serão estas novas gerações que irão encontrar as novas respostas aos novos desafios emergentes, na criação de novos projetos e programas de ação, mantendo a coesão e a existência própria da instituição, e o permanecer fiel ao espírito da missão, garantindo a boa orientação na prossecução da visão estabelecida.

Os grupos sociais e a família
Assim, é necessário entender o papel fundamental dos vários grupos sociais e a privilegiada função da família no processo educativo, o núcleo primordial onde se transmite a cultura entre os seus membros, dos progenitores aos filhos, e onde, pelo exemplo dado por cada um, se podem emular as ações a tomarem-se, e respeitarem-se valores e princípios.

Os membros: a base social
Estas considerações devem-nos induzir a compreensão que a maior riqueza da instituição estará no capital humano, na pessoa dos seus membros, a sua base social. Todos aqueles que a ela aderirem serão membros de uma organização, todos eles homens livres, unidos por uma visão, pelo sentimento de missão, e pelo respeito e consideração a ideais, a valores e a princípios. O maior património está, pois, nas ideias criadoras dos seus membros e na sua capacidade de ação e de trabalho.

Aspirações e sentidos
Deve-se atender à primaz importância desta base social, pois só ela poderá garantir a existência e o permanecer vivo deste espírito novo, transmitindo-se de geração em geração. Ainda que não possamos previr as forças que veem com o futuro, poderemos, contudo, aspirar a nunca perder o sentimento que nos une a todos, a viver em paz e em amor com toda a família humana, a nunca perder o poder de apreciar a beleza do mundo, a viver sempre com alegria em todos os momentos, mesmo os mais difíceis, e, finalmente, a nunca perdermos o contacto com o maior sentido de todos: o sentido da vida.

O futuro
Finalmente, e pelo exposto, dever-se-á ter em conta que apesar da EFAO, e pela forma como está constituída, refletir a problemática atual e a leitura dada pelos seus Fundadores, sendo estes homens do seu tempo, também eles reflexo do modo de pensar e sentir das circunstâncias históricas em que vivem, não pode ela deixar de ter a capacidade de evoluir e se adaptar aos tempos futuros. Contudo, na sua visão permanecem elementos universais.